Um médico da cidade chinesa de Wuhan decidiu retirar os pontos de um homem que tinha acabado de ser operado na mão, depois que este declarou que não tinha como pagar a cirurgia, informou nesta segunda-feira o jornal Global Times.

O médico operou a mão do paciente, um imigrante de 20 anos chamado Xiao Zeng, que feriu seu polegar ao lavar os pratos de um restaurante.

A operação durou 50 minutos e, em seguida, os médicos cobraram do paciente 1.830 iuanes (US$ 280 dólares).

Xiao Zeng não tinha dinheiro para pagar e o amigo que o levou ao hospital dispunha de apenas 1 mil iuanes (US$ 155), por isso o médico resolveu tirar os pontos que tinha dado na mão do paciente.

Apesar de a saúde não ser gratuita na China, o caso de Xiao Zeng chamou a atenção da imprensa e causou polêmica, levando o médico a ser temporariamente suspenso de seu emprego.

Sem mais artigos