Uma mulher de 27 anos revelou ter uma condição médica inusitada: ela tem duas vaginas, uma ao lado da outra. Hazel Jones foi diagnosticada com a raríssima condição aos 18 anos e segundo a própria, precisou perder a virgindade duas vezes

Hazel tem dois úteros separados, duas vaginas e duas cérvices. O problema se dá por uma má formação e é imperceptível às outras pessoas. A condição só foi percebida quando veio a primeira menstruação da garota, aos 14 anos, e ela reparou que o sangramento vinha de dois lugares distintos, mas não se preocupou muito com isso, apesar de dizer que era bastante desconfortável. 

LEIA TAMBÉM: Vagina está nascendo na genitália de homem na África

“Era muito desconfortável. Eu achei que estava tendo cistite ou infecções urinárias, mas não era nada disso”, explicou a moça num programa de TV na manhã desta quarta-feira (11) no Reino Unido

A constatação de que ela realmente não era “normal” se deu quando Hazel começou a namorar, aos 18 anos, e o rapaz percebeu que tinha algo “diferente” ali. Ela foi para o hospital e vários testes foram realizados até chegarem a conclusão correta.

Depois de saber do que se tratava, ela preferiu não fazer nenhum tipo de cirurgia reparadora e afirma ter uma ótima vida sexual hoje. 

Sem mais artigos