Uma mulher, que pulou a grade de proteção de um zoológico para tirar uma selfie, foi atacada por um jaguar, no Arizona, nos Estados Unidos, no último fim de semana.

Segundo a BBC, ela passou da grade de proteção do público e chegou bem próximo da cerca em que estava o animal. Ele pulou e a feriu nos braços. A mulher começou a gritar por socorro e foi ajudada por outros visitantes. Adam Wilkerson contou que uma jovem jogou água no jaguar para tentar distraí-lo enquanto outras pessoas a puxavam pelas pernas. “Ele só a soltou porque se distraiu com a garrafa de água”, disse à Fox News.

Mickey Ollson, diretor do Wildlife World Zoo, disse que o incidente foi um “erro humano” e que o animal não sofrerá consequências. “Não há explicação para as pessoas pularem barreiras de segurança. Elas estão lá por um motivo óbvio”, afirmou.

Selfies mais perigosas do mundo

Turista no ponto mais alto do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro
Mulher se pendura em prédio em Dubai
Que boa ideia tirar uma selfie enquanto um urso está logo atrás, não?
Pesquisador tira selfie em vulcão
Turista se aventura no alto de uma montanha
Há diversas ocorrências de acidentes com manuseio de armas
Mais uma selfie perto de vulcão.

Mulher pula cerca para tirar selfie em zoológico e é atacada por jaguar

Sem mais artigos