Os países da Ásia são conhecidos por sua culinária exótica. Em lugares como a China, Coreias e Japão é muito comum que as pessoas se alimentem de animais vivos ou crus. Ao experimentar uma das iguarias sul coreanas, uma mulher de 63 anos teve uma surpresa: ficou “grávida” de uma lula… Não entendeu nada? Bom, ela ficou com uma dúzia de “bebês lulas” grudados em sua língua, dentes, gengivas e bochechas ao comer o molusco.  

 

Segundo informações do “The Sun”, ao degustar o prato, a mulher sentiu uma dor aguda em sua boca, assim que mordeu a iguaria. Imediatamente ela cuspiu o animal marinho, que foi preparado com seus órgãos internos.

Mesmo depois de eliminar o conteúdo, ela continuava sentindo algo se contorcendo em sua boca. Desesperada, ela partiu em busca de um hospital. Ao chegar, os médicos encontraram 12 espermatóforos de lula grudados em sua cavidade bucal.

O espermatóforo é uma espécie de bolsa onde ficam armazenados os espermatozoides que serão expelidos pelo macho antes da cópula. 

O caso chegou a ser analisado pelo Centro Nacional de Informações sobre Biotecnologia de Maryland, nos EUA. Foi lá que descobriram o que eram as coisas brancas que estavam na boca da mulher e “poderiam tê-la engravidado”. 

Sem mais artigos