A cadela Daisy não teve uma vida das mais fáceis. Ela nasceu com uma deformação congênita nas patas dianteiras e, por conta disso, teve dificuldade para ser adotada de um abrigo. Ninguém queria ter uma cachorra deficiente. Ela sofreria eutanásia no abrigo se sua atual dona não a tivesse resgatado.

Hoje, Daisy utiliza uma cadeira de rodas para se locomover e é uma cadelinha feliz. “Aos meus olhos, Daisy é uma garota forte e eu não sinto pena por sua deficiência, assim como não sinto pena de qualquer outro cachorro deficiente”, escreveu a “mãe” de Daisy, em um post no site Bored Panda.

As fotos da cadelinha são compartilhadas no Facebook e no Instagram, e ela ganhou milhares de fãs ao redor do mundo.

Sem mais artigos