Menino nasce com seios que produzem leite

Um menino de apenas 1 ano ganhou as manchetes de sites norte-americanos e, depois, do mundo por ter nascido com seios que produziam até leite.

Kylan Sherrill foi diagnosticado com uma doença rara, a galactorreia neonatal, que atinge cerca de 2% de bebês em todo o mundo e é “transferida” pelo excesso de hormônios da mãe durante a gravidez.

A mãe de Kylan, Vanessa, contou que notou uma diferença nos mamilos do bebê logo na primeira semana de vida, quando eles pareciam inchados e começaram a produzir leite.

Vanessa então descobriu o que estava acontecendo após levá-lo ao médico e resolveu postar foto e falar sobre a doença para alertar as mamães. A galactorreia não tem cura e não é indicado “espremer” o peito da criança para não causar inflamação. Os “seios” de Kylan desincharam quando ele completou 1 ano.

Sem mais artigos