As autoridades tailandesas estão devolvendo os lixos encontrados no Parque Nacional Khao Yai aos seus verdadeiros donos. O Ministério do Meio Ambiente passou a recolher os detritos e enviá-los por correio.

Na semana passada, o ministro Varawut Silpa-archa compartilhou em seu Facebook que um “presente” já foi enviado. Na caixa, tinham embalagens de salgadinho, copos e uma garrafa plástica, entre outros detritos.

“Você esqueceu um pertence no Parque Khao Yai”, dizia o bilhete colocado na encomenda.

Varawut acrescentou que as autoridades também foram acionadas, já que jogar lixo no meio ambiente é considerado crime na Tailândia. Quem violar as regras pode receber uma multa de US$ 16 mil, cerca de R$ 87 mil, e/ou ser sentenciado a até cinco anos de prisão.

De acordo com o The New York Times, os funcionários do parque conseguiram descobrir a identidade do dono do lixo pelos formulários de aluguel de equipamentos e por causa de um frasco de medicamento.

O Parque Nacional Khao Yai reabriu no dia 1 de Julho ao público, após passar meses fechado em decorrência da pandemia do coronavírus. Mas o tempo que permaneceu sem receber visitas se mostrou benéfico.

A população de animais prosperou e começou a se mostrar mais, segundo o veterinário Chananya Kanchanasaka. “O parque conseguiu se restaurar” com a presença restrita de humanos, afirmou ao The New York Times.

Sem mais artigos