Uma viúva de 80 anos ficou chocada e chateada após receber uma carta oferecendo suas condolências para sua própria morte.

A frágil pensionista, cujo nome foi dado apenas como Sra. Fulton, recebeu uma carta de seu provedor de pensão, a Standard Life, dirigida ao “Testamenteiro de Sra. Fulton ”.

A nota dizia: “Fiquei triste ao saber da morte [de Mrs. Fulton] quando o banco devolveu a parcela de pensões de junho para nós. Eu ofereço minhas sinceras condolências, em nome da Standard Life. Por Favor você pode me dizer a data em que a Sra. Fulton faleceu?”.

Vizinhos disseram que a Sra. Fulton, que vive sozinha e sofreu um grave acidente vascular cerebral há quase 10 anos, ficou “extremamente chateada” com a correspondência.

Segundo a empresa, o que aconteceu foi erro humano. Eles disseram que foi um membro de sua equipe que assinalou erroneamente “morte” para o motivo da devolução do dinheiro.

A Standard Life pediu desculpas públicas para a senhora, devolveu o dinheiro (com acréscimo de cerca de R$ 150) e ainda mandou flores.

Sem mais artigos