Um estudo feito na DePaul University, em Chicado, nos Estados Unidos, indica que personalidades extrovertidas podem ser problemáticas em longas explorações espaciais. A pesquisa é parte dos esforços da NASA para enviar uma missão tripulada até Marte nas próximas décadas.

Uma viagem do tipo duraria, no mínimo, três anos. Neste período, os astronautas ficariam confinados em uma nave muito pequena. “Seria um veículo minúsculo, em uma situação que logo se tornaria tediosa. Os extrovertidos poderiam se tornar irritantes muito rapidamente para os outros membros da missão”, afirmou a pesquisadora Suzanne Bell ao site Live Sciene. 

Suzanne ressaltou, no entanto, que o segredo não é uma equipe formada só por tímidos. “O segredo é encontrar um equilíbrio e testar como o treinamento pode preparar essas pessoas para um convívio tão intenso”, disse.

 

Sem mais artigos