Já é de conhecimento geral que plantas podem sentir e reagir a mudanças de temperatura, ventos fortes e até ao toque humano. Mas elas conseguem escutar? A resposta é um pouco mais aterrorizante do que você imagina.

Apesar de não terem uma estrutura para captar o som como nós temos, um novo estudo da Universidade do Missouri aponta que plantas podem discernir o som de predadores por pequenas vibrações causadas em suas folhas – e reforçar suas defesas em resposta. Isso significa que, em tese, elas podem “ouvir” enquanto estão sendo comidas.

A reação é algo similar ao nosso sistema imunológico – a partir do primeiro contato com um inseto ou bactéria, a planta consegue se defender melhor de ataques futuros do mesmo predador. Dessa forma, a planta pode não reagir da primeira vez que é atacada por uma lagarta; mas, na próxima vez que ela “escutar” o mesmo animal a comendo, ela vai concentrar suas defesas e se transformar em um prato não muito gostoso para ela.

Esse estudo pode levar a uma menor necessidade de inseticidas e pesticidas na agricultura, uma vez que possa se estimular a defesa natural das plantas imitando o som de seus predadores.

Sem mais artigos