Um avião de médio porte caiu logo após decolar em Recife, capital de Pernambuco, e causou a morte de todos os 16 ocupantes da aeronave, informaram nesta quarta-feira as autoridades aeronáuticas do Brasil.

“As perdas humanas e materiais foram totais”, confirmou a Força Aérea Brasileira (FAB), em comunicado sobre o acidente do aparelho, um bimotor LET 410, pertencente à empresa de voos regionais Noar Linhas Aéreas.

O piloto da aeronave, Rivaldo Cardoso, alertou à torre de controle 55 segundos depois da decolagem do aeroporto internacional de Recife que estava em situação de emergência e que tentaria uma aterrissagem forçada na praia de Boa Viagem, uma das mais turísticas da cidade.

Segundo a FAB, o piloto tentou realizar uma aterrissagem de emergência na praia da Boa Viagem, em Recife, mas o avião caiu pouco antes, mas conseguiu evitar a colisão em prédios próximos.

Os bombeiros informaram que a explosão que ocorreu após o choque com a terra destruiu totalmente o bimotor e deixou totalmente carbonizados os corpos das vítimas.

De acordo com o comunicado divulgado pela companhia, o bimotor L410 da empresa Noar Linhas Aéreas decolou às 6h51 (horário de Brasília) do aeroporto de Recife com destino a Natal e poucos minutos depois o piloto declarou a situação emergência.

A companhia informou que os responsáveis pela companhia aérea, assim como o piloto, comunicaram, pouco antes de decolar, que havia 16 pessoas a bordo, incluindo a tripulação.

A aeronave acidentada é de fabricação tcheca e tem capacidade para 19 passageiros.

A Força Aérea informou que se iniciou uma investigação para estabelecer as possíveis causas do acidente, no entanto a Agência Nacional de Aviação Civil e a companhia aérea proprietária informaram que a aeronave estava com sua manutenção atualizada e até agora não tinha registrado nenhum problema mecânico.

Noar é uma pequena companhia aérea de voos regionais que opera principalmente nas cidades de Recife, Natal e Maceió.

Segundo o Corpo de Bombeiros de Pernambuco, até o início da tarde tinham sido resgatados 12 dos 16 corpos, mas o estado dificulta sua identificação.

A companhia aérea, após entrar em contato com os familiares das vítimas, divulgou a lista dos ocupantes da aeronave, a maioria com destino a Mossoró, cidade no estado do Rio Grande do Norte, onde o avião faria uma escala em Natal.

A lista é liderada pelo piloto Rivaldo Paurilio Cardoso e o copiloto Roberto Gonçalves.

Entre os passageiros estavam o empresário André Louis Pimenta Freitas, a delegada da Receita Federal em Mossoró (RN) Carla Sueli Barbosa Moreira, e Antonia Fernanda Jalles, professora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Sem mais artigos