Quando eu estava na escola, lembro de uma coleguinha ter ficado triste porque ela não precisava usar óculos, nem aparelho, nem botinha ortopédica. Enquanto os amigos se arrebentavam no parquinho, ela nem teve a chance de engessar o braço uma vez que fosse. Que vida difícil. Se ela tivesse conhecido este cara, talvez ela tivesse encontrado uma solução para o seu desalento.

Kevin, 27, é um morador de Chicago que há 21 anos vem engessando partes de seu corpo sem necessidade. Quer dizer, diz ele que um gesso (aplicado pelo próprio) traz uma sensação muito boa, uma coisa muito louca, saca, bicho? Tão louca que o rapaz já gastou US$ 50 mil nessa brincadeira!

Parte do bem-estar de Kevin vem das histórias que ele inventa para as garotas que perguntam como ele se machucou. “Elas vêm sempre me perguntar ‘Ai, o que você fez, tadinho…'”, conta o tratante.

Olha aí a galeria de gessos do cara. Vai brincando aí, Kevin, quero ver o dia que você se machucar de verdade! #pragademãe

Sem mais artigos