Uma família sueca conta como foi expulsa de sua própria cozinha por um rato gigante que ainda atacou seu gato de estimação. O animal tinha o dobro do tamanho de um rato normal.

“Fiquei afastado por alguns dias a negócios, quando minha esposa me ligou e disse que havia um rato mutante na cozinha”, conta, ao site Orange, Erik Korsas, de 44 anos, que mora em Estocolmo. “Eu pensei que ela estava exagerando”. Sua esposa Signe, de 39 anos, ficou muito assustada. “Era realmente um monstro e apenas ficou lá perto do lixo olhando para mim”, assinala a mulher.

Depois que ela viu o rato, acabou interditando a cozinha, proibindo seus filhos de irem lá até que o marido voltasse. Só que o gato acabou indo e foi atacado pelo enorme roedor. Depois disso, o bichano ficou escondido debaixo do sofá, traumatizado.

Quando o marido voltou finalmente para casa, chamou uma empresa de controle de pragas. Ele relata que os homens vieram com três grandes armadilhas de tamanho extra. Uma vez que o bicho foi morto, constataram que tinha 40 centímetros do focinho até o início do rabo, ​​enquanto que os ratos castanhos normais atingem um tamanho máximo de 25 centímetros.

“As crianças estavam com medo de que ele voltasse à vida como uma espécie de rato-zumbi, já que ele foi tão difícil de matar”, acrescenta o pai.

Sem mais artigos