A prefeitura da cidade sueca de Lund tomou medidas extremas para assegurar que o local não se tornasse um “epicentro do coronavírus”. A fim de evitar aglomerações no Parque da Cidade de Lund, as autoridades espalharam uma tonelada de fezes de galinha pelo local.

O prefeito Philip Sandberg contou à rede de notícias CNN que a área foi fechada para o feriado da Noite de Santa Valburga, comemorado na quinta (30) e sexta-feira (01), para “manutenção”.

O esterco fará com que os arredores do parque fiquem um odor desagradável por dias. A medida realmente é necessária para fertilizar o solo e preparar o local para o verão europeu, que começa em Junho. Mas a outra consequência esperada pelo prefeito é deter possíveis visitantes.

“Não queremos ser um epicentro para o coronavírus, então estamos fazendo o que podemos para fertilizar o solo e [ainda] manter as pessoas em segurança”, Sandberg afirmou ao veículo. “Foi provado que há um severo risco de contágio do coronavírus em parques por causa da grande quantidade de pessoas que se reúnem ali, então esta é uma medida importante a ser tomada, enquanto preparamos a terra para a melhora do tempo”, completou.

De acordo com o prefeito, a reação da população tem sido positiva, pois entendem que “valerá a pena”.

Sem mais artigos