Antes de a selfie virar modinha, o taxista chinês Teng Jiazhi já era mestre nesse rolê. Há cinco anos, ele faz autorretratos ao lado de passageiros, em seu táxi, para alegrar o dia deles. Ele calcula que já fez mais de 30 mil selfies nos últimos cinco anos.

Teng diz que a ideia nasceu há 10 anos, quando pegou um casal de turistas em um dia de inverno. “Eles tinham esperado no frio por mais de uma hora. Quando entraram no carro, eles ficaram me agradecendo e ofereceram gorjeta. Eu não podia aceitar o dinheiro extra. Antes de eles descerem, quiseram tirar uma foto comigo. A gratidão deles foi muito reconfortante, e essa foi a primeira selfie que eu tirei com passageiros”, disse.

Em 2011, o taxista decidiu instalar uma câmera em seu carro. Desde então, ele tirou fotos com milhares de pessoas do mundo inteiro. Ele afirma que, geralmente, as mulheres estão mais dispostas a posar. Ele pega 80 passageiros por dia, e cerca de 20 concordam em serem fotografados.

E o cara tem histórias. Teng se lembra, por exemplo, de uma vez que ele recebeu uma mulher triste em seu táxi. Ela se recusou atirar uma selfie, e ele perguntou sobre o motivo da chateação. A mulher contou que havia brigado com a mãe. Teng cantou uma música sobre o quanto as mães se preocupam com os filhos, e a moça foi às lágrimas. No fim, ela fez as pazes com a mãe por telefone. “Antes de descer, ela tirou uma selfie comigo e me disse que aquele era um bom dia”.

Sem mais artigos