Gerardo Gamboa, um motorista de táxi de Las Vegas, ganhou fama nos Estados Unidos ao devolver uma bolsa com US$ 300 mil (cerca de R$ 715 mil) que um jogador profissional de pôquer tinha esquecido em seu carro nesta semana, ato pelo qual foi recompensado com US$ 10 mil.

Como reconhecimento, a companhia de táxis para a qual trabalha, a Yellow Checker Star, o nomeou “Motorista do Ano” e lhe entregou, além disso, um prêmio de US$ 1 mil.

De acordo com informações publicadas nesta sexta-feira pelo jornal “Las Vegas Sun“, Gamboa pegou um passageiro no cassino Cosmopolitan e o levou ao complexo Palms Place, trajeto pelo qual recebeu uma gorjeta de US$ 5.

Gamboa depois dirigiu rumo a outro cassino, o Bellagio, onde um dos porteiros viu a bagagem esquecida na parte de trás do carro, ao abrir a porta para que outro passageiro entrasse.

“Disse a meu passageiro: ‘Você é minha testemunha’, e liguei imediatamente para a empresa”, explicou o taxista, após perceber que o pacote continha US$ 300 mil.

A Yellow Checker Star entrou em contato com as autoridades locais para ver se conseguiriam identificar o passageiro, e conseguiram localizá-lo várias horas depois. Era um jogador de pôquer profissional de 28 anos, que pediu anonimato.

Ao pegar o dinheiro, o passageiro pediu para ver Gamboa para lhe agradecer pessoalmente e pedir dados de contato para lhe enviar um cheque de US$ 10 mil como recompensa.

“Fiz o correto, só isso”, insistiu Gamboa.

Por sua vez, o diretor-executivo da Yellow Checker Star, Joel Willden, explicou que se trata da maior quantia em dinheiro encontrada em um táxi da companhia desde que ele entrou no ramo, há 30 anos.

“Ele é simplesmente assombroso, é uma de nossas estrelas”, disse Willden sobre Gamboa.

Sem mais artigos