Carro de jovens russos foi totalmente congelado pela neve

Não é apenas em enrascadas que o GPS pode nos meter. Em alguns casos o destino pode ser mesmo a morte. Está duvidando? Um caso desses ganhou as manchetes dos jornais na Sibéria (Rússia), nesta semana.

Um jovem de apenas 18 anos morreu congelado após o seu navegador por satélite “traí-lo” e orientá-lo a pegar um caminho errado em uma estrada famosa na região, a Estrada dos Ossos.

O GPS indicou um caminho por um atalho que já estava desativado na região mais fria do mundo. Sergey Ustinov acabou ficando preso após o radiador do carro apresentar problemas.

O termômetro marcou 50 graus negativos no momento, o suficiente para congelar o carro. Sergey e o amigo Vladislav Istomin não tomaram cuidados com a baixa temperatura e rapidamente apresentaram ulcerações.

A dupla ficou no carro por quase uma semana até ser encontrada pela polícia. Sergey morreu, mas Vladislav foi milagrosamente achado vivo, mas está internado em estado grave.

Sem mais artigos