Lá vai Rihanna mais uma vez espalhando sua beleza e polêmica no mundo. Agora a cantora causou burburinho ao aparecer nua no anúncio do seu mais novo perfume, batizado de Rogue. Tanto que, no Reino Unido, a publicidade da fragrância foi proibida por ser considerada “sexualmente sugestiva”.

Para se ter uma ideia, foram arrancados os cartazes com a imagem da cantora e do perfume que foram que foram afixados ao longo das zonas onde transitam menores de idade.

Entenda o caso

O anúncio a Rogue, o quarto perfurme da artista, apresenta Rihanna nua com os pés apoiados no frasco da fragrância. A Autoridade de Cartazes Publicitários (ASA, na sigla inglesa) considera que a imagem de Rihanna é “sexualmente sugestiva e deveria ter restrição na sua colocação para reduzir a possibilidade de ser vista por crianças”.

A produtora do perfume, Parlux Fragrances, disse que o nu apresentado no anúncio não é inapropriado e que a imagem não é ofensiva, sugestiva ou degradante.

Não é a primeira vez que um anúncio de Rihanna causa controvérsia, já que o cartaz que publicitava a sua fragrância “Rebelle”, em que a cantora aparecia completamente nua cobrindo-se apenas com os seus braços e pernas, tinha sido colocado na Times Square, em Nova Iorque.

Sem mais artigos