Na última segunda-feira (9), a 5ª Vara Cível de Barueri decretou a falência da Zoomp. O fato é consequência dos graves problemas financeiros dos últimos tempos que geraram, pela primeira vez, o cancelamento dos desfiles da marca no SPFW no ano passado.

A crise da marca veio se arrastando com o passar do tempo. Em abril de 2008, a empresa parou. Os salários dos funcionários atrasaram e as confecções passaram a não entregar mercadorias devido a falta de pagamento.

A fábrica da grife foi lacrada pela justiça, mas, o advogado da marca declarou nesta terça-feira (10) que irá recorrer da decisão do juiz. Roberto Rached Jorge deve apresentar no Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) até quarta-feira (11) o recurso em prol da empresa.

Zoomp é uma das mais tradicionais marcas do país. Foi criada por Renato Kherlakian em 1974 e mudou a cara do jeans no Brasil por se adequar às curvas generosas das mulheres brasileiras.

Sem mais artigos