Mario Testino declarou durante uma recente entrevista à Vogue britânica que foi o responsável por introduzir Gisele Bündchen no mundo da moda. Segundo o fotógrafo, apenas ele conseguia ver o talento da top.

“Ninguém gostava dela. Ninguém a queria. Eu tive que brigar para tê-la em meus trabalhos porque ninguém achava que ela seria a pessoa certa – era sempre muito isso, muito aquilo, o nariz, os seios, a cintura.”, disse à publicação.

Mas apesar de hoje em dia ser um dos artistas mais requisitados e influentes, Testino, assim como Gisele, também passou por dificuldades no início da carreira.
 

“As pessoas me chamavam de ‘bicha’ nas ruas. Toda a minha renda era gasta em táxi, porque eu não podia andar de transporte público pela forma como eu me vestia. Imagine David Bowie andando em Roma. Bem, eu não era David Bowie, mas eu parecia tão extravagante quanto para eles.”

O fotógrafo ainda completa dizendo que foi na Inglaterra que as oportunidades aconteceram.

“Eu era diferente. Meus gostos e meu ponto de vista eram meio estranhos e eu encontrei na Grã-Bretanha um senso tranquilo, onde eu poderia ser quem eu era. Inglaterra é um país muito individual, onde as pessoas têm estilo próprio, eles não seguem uma tendência necessariamente.”   

Sem mais artigos