E lá vem a polêmica da criançada “adulta” de novo! A garotinha Eden Wood causou polêmica na Semana de Moda de Nova York, ao desfilar para a marca de sapatos Ciccibella.

A marca contrariou  o pedido do Órgão dos estilistas dos EUA (CFDA), de autorizar modelos menores de 16 anos na passarela, e convocou várias crianças, mas entre todas a loirinha Wood de seis anos, se destacou. Por quê? Bom… dizem que ela se exaltou dançando de maneira muito provocante e com roupas indecentes.

VEJA MAIS: Conselho propõe idade mínima de 16 anos para modelos em desfiles

Não é a primeira vez que Eden Wood vira notícia, aliás, a garota é praticamente uma celebridade. Ela já ganhou mais de 300 concursos de beleza e participou do reality show de Misses Mirins Toddlers & Tiaras. O programa mostra os bastidores e dia a dia de quem participa dos concursos infantis, trazendo fatos que sempre geram polêmicas, como o caso da mãe que vestiu a filha Paisley, de 3 anos, de prostituta, para homenagear Julia Roberts em “Uma Linda Mulher”.

Paisley “homenageando” Julia Roberts

VEJA MAIS: Mãe que vestiu filha como prostituta em homenagem a Julia Roberts, se defende

Outra mirim que já foi alvo de críticas foi a francesinha Thylane Lena-Rose Blondeau, de 10 anos. Ela posou para um ensaio julgado “muito sexy” e sua mãe teve que fechar a fanpage da top no Facebook, para protegê-la das acusações.

Thylane Lena-Rose Blondeau

VEJA MAIS: Modelo de apenas 10 anos causa polêmica no mundo fashion com fotos inapropriadas

No mesmo barco, a marca Jours Après Lunes recebeu reclamações referente a uma campanha de lingeries para crianças, por tentar “adultecer” as meninas. A Urban Outfitters também não ficou de fora! A marca foi processada por usar fotos “obscenas” e “provocantes” de uma modelo de 15 anos.

VEJA MAIS: Marca de lingeries para crianças levanta críticas por fotos muito “adultas”

VEJA MAIS: Marca de roupas é processada por uso de imagem “obscena” e “provocante” de modelo de 16 anos

Miss mirim choca a Semana de Moda de NY

Sem mais artigos