A Semana da Moda de Nova York viveu neste domingo (8) um de seus pontos altos com o desfile da coleção de Diane Von Furstenberg, que teve Naomi Campbell na passarela.

Como se fossem os anos 90, auge das top models, e sem deixar nada a desejar em relação às modelos que mal chegaram aos 20, a britânica Naomi Campbell desfilou seus 43 anos com peças de uma coleção sensual e cheia de motivos tribais.

As redes sociais ficaram inflamadas depois de o jornal “New York Times”, pouco antes de começar a Semana da Moda, levantar a questão do racismo que existe no mundo fashion, demonstrando que desde os anos 90, houve poucas novas mulheres negras no time das supermodelos.

Campbell – com um cabelo comprido enorme e um espetacular vestido curto negro e dourado com motivos geométricos -, ao som de Daft Punk, encerrou o desfile da coleção permeada de dourados e o clássico decote cruzado de Von Furstenberg, e tirou o ar dos espectadores, roubando o protagonismo da noite.

Coco Rocha, Jessica Alba, Sheryl Crow e Allison Williams marcaram presença na primeira fila do desfile de Von Furstenberg, que fez segredo da presença de Naomi e causou impacto em um dia que também teve na passarela outro queridinho das estrelas, Zac Posen.

Sem mais artigos