Servir de inspiração para um designer conceituado como Christian Louboutin é um privilégio de causar em inveja em fashionistas pelo mundo todo. Imagine então, se tal inspiração tiver dado vida ao primeiro sapato da grife? Em entrevista ao The Telegraph, o rei do solado vermelho revelou o nome de sua musa, digna de tal proeza: Princesa Diana

“Foi em 1992, e eu estava olhando uma foto de Lady Di tirada enquanto seu marido fazia um discurso. Ela parecia triste e entediada e pensei: ‘o que poderia colocar um sorriso em seu rosto?’”, contou. A resposta que encontrou foi o icônico Love Shoe. O modelo foi um sucesso entre as mulheres, embora Diana nunca tenha aduirido um par, ele soube que mais de 200 foram vendidos. 

E a influência de Lady Di no processo criativo do designer não para por aí. Ela também o levou a criar sapatos mais cavados, algo inusitado na época, principalmente para os franceses. ” Você não podia nem vender uma sandália às mulheres francesas, porque não tinham pedicures e seus pés eram terríveis. Foi Diana dançando com John Travolta, que me inspirou. Ela estava usando sapatos que mostravam metade de seus dedos. Parecia brega, mas ao mesmo tempo tão bem nela”, disse ao jornal. 

Durante a entrevista Louboutin comentou que quando começou a desenhar seus sapatos, as mulheres diziam que gostavam, mas reclamavam que não podiam correr com eles. “Isso me deixou louco, então eu decidi andar por Paris inteira e ver quantas pessoas estavam correndo. Ninguém estava correndo” contou e pouco tolerante com aqueles que se queixam de desconforto disparou: “Não rejeite um sapato porque você não pode correr nele”. 

Veja algumas criações do designer acima!

Sem mais artigos