Ashlee Simpson faz 32 anos hoje. Dá pra acreditar?

Divulgação Ashlee Simpson faz 32 anos hoje. Dá pra acreditar?

Nesta segunda-feira (3) a cantora (ou ex?) Ashlee Simpson faz 32 anos (!). Ela, que em meados de 2005 foi uma das cantoras mais amadas do público teen, hoje é casada, mãe e anda meio afastada do cenário musical.

Desde 2010 Ashlee promete um retorno ao mundo da música. Naquele ano, ela afirmou estar entrando em estúdio para gravar um novo álbum, promessa que continuou sendo sustentada pelo menos até 2015.

Mudou, né?

Divulgação Mudou, né?

No clima de nostalgia que uma notícia como essa traz, separamos outros 10 hits que faziam sucesso na época em que Simpson era uma estrela, só pra você ter uma ideia de como o tempo passa rápido.

Começando por Boyfriend, da própria Ashlee Simpson

Quem não lembra desse rock pesado que saiu como primeiro single de I Am Me (2005), disco de maior sucesso da cantora?

 

Tinha também Pieces Of Me, uma baladinha delícia do disco de estreia da cantora 

 

Nessa época, Hilary Duff fazia sucesso com Fly 

Já faz 12 ANOS que essa música foi lançada. Dá pra acreditar?

 

Também naquele tempo, a Lindsay Lohan era dark, loira, e lançava Confessions Of a Broken Heart 

Esse foi, talvez, um dos grandes últimos sucessos de Lindsay como cantora, na época que ela ainda rivalizava com a Hilary Duff.

 

Em 2004, quando Ashlee surgiu, Kelly Clarkson lançava Walk Away

Saudades, Kelly Clarkson, né? Por onde anda?

 

P!nk estava lançando Who Knew, em 2006, ano em que Ashlee fazia uma turnê de sucesso do CD I Am Me

 

Naquele tempo a Avril Lavigne era toda moleca ainda com Happy Ending, de 2004 

Essa sim era a Avirl real que a gente curtia e queria ouvir toda hora.

 

O Evanescence que nós conhecíamos ainda existia com My Immortal 

Um dos grandes momentos da banda, que lançou o clipe da música no ano seguinte de sua gravação.

 

No mundo do rock também rolava isso aqui: 

Um dos maiores sucessos da banda e de 2004.

 

E a JoJo estava com Leave (Get Out), seu primeiro grande sucesso 

O mundo era realmente outro, né não?

Sem mais artigos