Gabriel Quintão É um sofrimento

Várias coisas ditas pelo prefeito eleito João Dória sobre São Paulo nesta segunda-feira (5) estão repercutindo na mídia durante toda a manhã de terça (6). Durante um evento na sede da Federação do Comércio, Dória disse que os pancadões são “uma atividade criminosa financiada pelo PCC” e que a capital paulista é um grande “lixo vivo”.

“Qualquer parte da cidade, qualquer área que você isole, a cidade é um lixo, é um lixo vivo, parece um filme escabroso. Inacreditável. Tem 16 mil pessoas nas ruas”, disse ele.

E ó, é verdade, viu? Abaixo, temos 10 imagens que provam que o novo prefeito paulistano tem muita razão no que está dizendo.

A Virada Cultural no centro de São Paulo promove imagens horrendas 

Divulgação Horroroso

 

As pessoas transformam São Paulo em um lugar de pânico 

Reprodução Todos com medo de estarem nas ruas

 

O centro da cidade fica completamente destruído e triste durante a Virada

Reprodução Muita gente triste

 

Ainda mais agora que tiveram essa ideia MALUCA de abrir a Paulista para as pessoas

Divulgação Quanta gente irresponsável

 

As noites de Virada no centro de São Paulo deixam a cidade completamente descaracterizada e poluída

Gabriel Quintão Olha que zona

 

E é ÓBVIO que o problema de violência é culpa das pessoas que vão acompanhar os eventos

Gabriel Quintão Gentinha que só quer saber de zona

 

Porque as pessoas saem às ruas com a intenção de praticar delitos

Gabriel Quintão Ninguém aí quer se divertir

 

O que cria na cidade um clima total de insegurança

Reprodução Claramente ninguém está se divertindo

 

São Paulo não comporta um evento dessa magnitude 

Gabriel Quintão A galera fica mó desconfortável

 

E é preciso tirar essas pessoas das ruas o quanto antes para salvar a cidade

Divulgação Shows a céu aberto? Que ideia irresponsável!

 

Porque a capital paulista é um verdadeiro lixo vivo

Só lixo (Divulgação)

Virada Cultural 2015

Anita Tijoux na Casper Líbero mostrou o diálogo entre ativismo, hip hop e rock com alma latina. | Créditos: Gabriel Quintão
É sempre legal ver novos talentos da música prestes a iniciar uma subida ao estrelato, como no caso Camila Garófalo. | Créditos: Gabriel Quintão
Deu pra colar de bike. E a gente acha que bike é cidadania, bike é inteligência, bike é puro amor. | Créditos: Gabriel Quintão
É bom demais usar o chill out natural da cidade. | Créditos: Gabriel Quintão
A descentralização, com eventos em todas as regiões da cidade deu certo. Apesar de ainda terem rolado arrastões, as ocorrências diminuíram, foram 73. Na edição de 2014, 128 pessoas foram detidas, cinco vítimas foram baleadas e duas esfaqueadas. | Créditos: Gabriel Quintão
Menos, quase sempre, é mais. | Créditos: Gabriel Quintão
Gentinha que só quer saber de zona | Créditos: Gabriel Quintão
Ninguém aí quer se divertir | Créditos: Gabriel Quintão
O transporte não muvucou | Créditos: Gabriel Quintão
Cima de festival | Créditos: Gabriel Quintão
Clima de festival | Créditos: Gabriel Quintão
É um sofrimento | Créditos: Gabriel Quintão
Mesmo detonado, o Centrão é lindo | Créditos: Gabriel Quintão
O Centrão é antropológico | Créditos: Gabriel Quintão
Olha que zona | Créditos: Gabriel Quintão
Rolou um lance politizado, com a musa guei Daniela Mercury e Emicida falando grosso contra a intolerância religiosa. Se as ruas são para dançar, ela é também o espaço natural da política. | Créditos: Gabriel Quintão
De boas aqui | Créditos: Gabriel Quintão
Público da Virada | Créditos: Gabriel Quintão
Público da Virada | Créditos: Gabriel Quintão
Anita Tijoux | Créditos: Gabriel Quintão
Camila Garófalo | Créditos: Gabriel Quintão
Público da Virada | Créditos: Gabriel Quintão
Anita Tijoux | Créditos: Gabriel Quintão
| Créditos: Gabriel Quintão
A galera fica mó desconfortável | Créditos: Gabriel Quintão
Anita Tijoux | Créditos: Gabriel Quintão
Público da Virada | Créditos: Gabriel Quintão
Camila Garófalo | Créditos: Gabriel Quintão

10 imagens da Virada Cultural no centro que provam que São Paulo é um "lixo vivo"

Sem mais artigos
Sair da versão mobile