Se o rock alternativo elegesse seu panteão definitivo, certamente o nome desse norte-americano de 35 anos — mas com um corpinho de 25 — apareceria em letras douradas no concorrido Olimpo indie. Trata-se de Stephen Malkmus, ex-vocalista do Pavement e uma das atrações do Abril Pro Rock, festival que começa na sexta-feira em Recife (PE).

Os mais desatentos poderiam discordar da premissa. Afinal, Malkmus canta meio que falando e suas músicas têm um quê de mal-acabadas, repletas de melodias cruas.

Puro charme e deboche — qualidades que ele carrega desde que o Pavement reinou, na década de 1990, paralelo ao grunge contestador, respondendo à angústia das bandas da época com letras bem-humoradas.

“O que você acha da voz de Geddy Lee?/Como ele alcança um timbre tão alto?/Eu me pergunto se ele fala como um cara normal”, dizia “Stereo”, música que abria “Brighten Than Corners” (1997) e fazia gozação com o lendário vocalista do grupo canadense Rush.

Enquanto a moda era deixar crescer a cabeleira para balançá-la em shows de rock, Malkmus gritava “No big hair!” (“Sem cabelo comprido!”), na canção intitulada “Cut You Hair”, de “Crooked Rain, Crooked Rain” (1994).

“Eu tento não ser tão sarcástico, talvez em uma ou outra música por álbum”, disse o artista em entrevista exclusiva à Reuters. “O principal é mostrar as possibilidades musicais, combinadas com letras inteligentes.”

MUITA NOVIDADE, TALVEZ ALGUMA VELHARIA

Será a primeira vez que os fãs brasileiros poderão conferir o estilo ‘cool’ de Malkmus ao vivo. Em duas ocasiões, o Pavement desmarcou em cima da hora os shows que faria aqui pelos trópicos, deixando muitos admiradores a ver navios.

O artista faz um pouco de mistério sobre sua performance no Abril Pro Rock, mas confirma a possibilidade de consolar a falta de sua ex-banda com a apresentação de algumas músicas antigas. “Nós não ensaiamos nada ainda, mas podemos tocar ‘Summer Babe’, ou alguma outra”, revelou.

Quanto ao material inédito, Malkmus se empolga e diz que vai tocar “muita música nova”. “Elas são as melhores que já escrevemos para serem tocadas ao vivo, mas eu não sei se o público vai gostar ou não.”

E o que esperar do Brasil, esse país tão esquecido no calendário de shows indie? “Ótima comida, noitadas, tempo quente, música de rua.”

Stephen Malkmus, à frente de seu The Jicks, se apresenta em Recife no domingo, dia 21, e em São Paulo quarta e quinta-feira, dias 24 e 25 de abril.

NOTAS RELACIONADAS:
Atrações de peso popularizam o festival ABRIL PRO ROCK
Festival promete revelar talentos
Confira a programação de Recife e São Paulo
Charlatans vem buscar a merecida e tardia fama
Pato Fu volta após 7 anos como grande atração

Sem mais artigos