Mais um capítulo do caso Michael Jackson veio à tona. Novamente foi colocado em questão a credibilidade dos depoimentos da vítima e de suas testemunhas.

O advogado de Jackson, Robert Sanger, colocou em questão a conversa que o garoto (vítima) teve com a polícia, onde revelou que sofreu de 5 a 7 abusos, mas que não conseguia detalhar todos.

O sargento da polícia Steve Robel confirmou o depoimento da suposta vítima e reafirmou o fato do jovem não se lembrar de todos os abusos. Outro ponto questionado pela defesa do astro foi o período que teria sido o estupro.

Primeiro o garoto disse que o abuso teria acontecido após o vídeo gravado elogiando Michel, mas o advogado de Jackson mostrou um outro encontro do jovem com a polícia, onde neste ele diz que o fato aconteceu antes do tal vídeo.

Bom, depois dessa confusão toda a única coisa que pode-se afirmar é que Michael Jackson está feliz da vida com o trabalho de seus advogados, que estão levantando dúvidas sobre os depoimentos da parte da vítima e até o momento, livrando a barra de seu cliente.

Entenda o que rola com Michael Jackson
O astro pop é acusado de 10 crimes, sendo 4 deles de abuso sexual de um menor.

Sem mais artigos