Aretha Franklin, que cantará no funeral de Whitney Houston no próximo sábado, afirmou em entrevista nesta sexta-feira que, nas últimas vezes que viu sua afilhada, ela parecia “saudável e estupenda”, e por isso pensou que “tinha superado seus desafios e que estava no caminho certo”.

Aretha declarou à emissora NBC que ficou sabendo da morte de Whitney pela televisão e que a notícia a fez “pular da cama”. A diva do soul justificou sua incredulidade dizendo que, nos últimos tempos, a cantora “não sorria só com os lábios, seus olhos brilhavam”, e ressaltou que uma das últimas canções que interpretou foi Yes, Jesus Loves Me.

“Se Deus te ama, o que pode ser melhor do que isso?”, enfatizou Aretha, que admitiu que Whitney tinha problemas, mas acrescentou que “não se pode definir uma pessoa só por um aspecto de sua vida e esquecer todas as coisas maravilhosas que fez”, se referindo às vaias que a cantora recebeu em algumas apresentações na turnê de 2010, quando sua voz falhou ao cantar I Will Always Love You.

“O público foi muito mal educado. Ela estava devastada porque todo cantor quer cantar bem e dar o melhor de si”, afirmou a madrinha de Whitney, que se lembrou da primeira vez que escutou a voz de sua afilhada, no final dos anos 1970: “Esta pequena de dez anos sabe cantar!”, pensou.

Sobre o ex-marido de Whitney, o rapper Bobby Brown, Aretha opinou que ele agora deve “se responsabilizar” pela filha de 18 anos do casal, Bobbi Kristina, mas não o culpou pelos problemas da cantora com as drogas. “Realmente não tenho uma opinião formada sobre esse assunto”, frisou.

Segundo vários meios de comunicação americanos, a família de Whitney Houston, que será enterrada no mesmo cemitério que seu pai, John Russell, responsabilizou o rapper por tê-la levado ao mundo das drogas.

O funeral será realizado na igreja batista New Hope, em Newark, em cujo coro a artista cantava quando menina. O templo tem capacidade para 1.500 pessoas, embora seja esperada a presença de milhares de fãs.

A Polícia de Newark levantou um perímetro de segurança de seis quarteirões em torno da igreja e pediu aos admiradores que acompanhem pela televisão.

Aretha Franklin é uma das celebridades do mundo da música que estarão presentes, ao lado de Stevie Wonder, que cantará durante o sepultamento, o ator Kevin Costner, que fará um discurso; seu mentor Clive Davis, Alicia Keys, Chaka Khan e sua prima, Dionne Warwick.

Aretha Franklin acreditava que Whitney Houston estava "no caminho certo"

Sem mais artigos