Os fãs da atriz Marjorie Estiano, 23 anos, a Natasha de “Malhação”, podem curtir a moça como cantora em seu primeiro CD. O álbum auto-intitulado Marjorie Estiano conta onze com faixas, incluindo quatro músicas do repertório da extinta Vagabanda.

O disco, produzido por Victor Pozas e Alexandre Castilho, e mostra as influências que ela teve. “Ouço de tudo um pouco, mas meu lado black é bem forte. Jazz, soul, Nat King Cole, Louis Armstrong, minha mãe ouvia tudo isso”, conta.

As músicas da Vagabanda vão ficar eternizadas, agora presentes em seu CD. “Você sempre será” (que ganhou versão vídeo clipe), “Versos mudos”, “Reflexos do amor” e “Por mais que eu tente” ganharam novos arranjos. Além dessas, os fãs vão continuar “So easy” , é a faixa que abre o CD.

Marjorie está certa de que uma nova carreira tem que ser constantemente apurada. E bom gosto, ela tem. “Dei meus palpites no disco. A faixa “Sem direção”, por exemplo, ficou bem próxima das influências que eu tenho das músicas que minha mãe ouvia”. A levada bluesy é prova de que a moça tem a manha das boas cantoras. Já os fãs da atriz não precisam se preocupar: “Não pretendo escolher entre o trabalho de atriz e o de cantora”, afirma.

O CD de estréia traz ainda uma faixa multimídia, reunindo fotos, depoimentos de Marjorie, making of da gravação e o vídeo clipe de “Você sempre será”.

Marjorie pretende rodar muito para divulgar seu trabalho. “Não é gravar um disco, fazer programa de TV e pronto. Vou cair na estrada com banda. Enquanto não estiver gravando, vou estar fazendo shows”, afirma.

Sem mais artigos