Logo mais será decidida a batalha do MP3 nos tribunais americanos.

Os fabricantes de programas podem ser responsáveis por infrações feitas pelos usuários, falta apenas uma decisão dos juizes.

Outros arquivos protegidos por direitos autorais também vão entrar no julgamento, como livros, games e filmes.

Caso a vitória seja das gravadoras e estúdios de cinema, os programas como Kazaa, Morpheus, Grokster e qualquer outro que promove a troca de arquivos entre computadores serão impossiveis de serem usados.

Os estúdios e as gravadoras querem punir quem fabrica os programas e não quem faz a troca on line.

Este é o maior caso dos últimos anos na justiça americana, por direitos autorais.

Sem mais artigos