Lars-Ulrich-Steven-Taylor_1500

(Foto: divulgação) Lars Ulrich

Uma coisa poucos fãs do Metallica devem saber: após a turnê de 1986 a banda de James Hetfield pensou em demitir o baterista Lars Ulrich, segundo conta Scott Ian, guitarrista do Anthrax , em sua autobiografia a ser lançada em 14 de julho nos EUA. “Eles haviam planejado uma mudança, e queriam um novo baterista. Todos ficamos muito surpresos com isso, porque eles eram o quarteto. Eles falaram ‘Quando terminarmos esta turnê vamos achar outro baterista”, descreve o músico no livro.

‘WTF????”

Após saber do trecho do livro, Lars foi consultado e falou ao Blabbermouth: “Certamente não é algo que eu sabia. Quando você tem uma entidade como o Metallica, que está junto há 35 anos, existem momentos diferentes nessa jornada em que a ideia do que fazer a seguir com a dinâmica trouxe diferentes opiniões com diferentes soluções em potencial. Houve momentos em que o futuro de Kirk estava meio incerto, e épocas que o futuro do Hetfield estava meio incerto, e momentos em que o meu futuro estava meio incerto, isso é muito possível. Tenho certeza que Scott Ian sabe de algo que eu não sei e estou tranquilo com isso. Só não foi algo que estava em meu radar”

Em entrevista recente para uma rádio de Colorado, Sott retomou o assunto: O que eu poderia fazer? Como um amigo da banda eu me senti mal por Lars mas ao mesmo tempo esperava que eles superassem isso e continuassem como quisessem. Obviamente no fim das contas as coisas foram diferentes e o Metallica se tornou uma das maiores bandas do mundo”.

No embalo, relembre em fotos o último show que o Metallica fez em São Paulo, em 2014, embaixo de chuva:

Metallica em SP

Baterista do Metallica não sabia que a banda já pensou em demiti-lo

Sem mais artigos