O lado contestador de John Lennon e Yoko Ono é o tema do documentário The US vs. John Lennon (em português, ‘Os EUA contra John Lennon’), dos diretores David Leaf e John Scheinfeld.

Entre imagens de arquivo e depoimento de amigos, a dupla reconstituiu episódios importantes historicamente, como um conspiração contra o cantor e compostor. O então presidente Richard Nixon, frequentemente criticado pelo ex-Beatle, tentou deportar John Lennon dos EUA, com ajuda do FBI.

Autor de canções como Give Peace a Chance e Imagine, que se tornaram hinos pela paz, Lennon ficou conhecido pela forte oposição à Guerra do Vitenã.

Nessa época, fim dos anos 60 e ínicio dos 70, John e Yoko se trancaram num quarto do hotel Rainha Elizabeth e concederam mais de 2000 entrevistas a favor da paz, na cama.

A cena faz parte do documentário, assim como a polêmica declaração de Lennon de que os “Beatles eram mais famosos que Jesus”.

Sem mais artigos