Bjork

Bjork

Björk sempre surpreende quando se fala em tratar clipes como objetos de arte e ir além em sua relação com a tecnologia. Ela foi a primeira a fazer um disco desplugado de música eletrônica, usar o reactable, espécie de instrumento musical que você manipula o som fisicamente, entre outras inovações da gata. Agora, em  seu novo vídeo, lançado na sexta (6), ela deu mais um salto ao apresentar um clipe interativo em 360 graus para Stonemilker.

Gravado em Grótta, perto de Reykjavik, na Islândia, local onde a música foi composto, inclusive, o diretor Andrew Thomas Huang usou câmeras em estilo 360 graus ou VR. O clipe ainda dará origem a um aplicativo criado pela empresa de tecnologia inglesa Rewind FX.

Veja modelos de câmeras 360 graus ou VR:

Câmera VR ou 360 graus

Câmera VR ou 360 graus

Câmeras VR ou 360 graus

Câmeras VR ou 360 graus

“A intimidade foi a meta desse projeto, dando a Björk a abertura de um palco infinito e permitindo ao público uma experiência de um pra um com a VR. A filmagem foi espontânea, decidida em uma conversa tarde da noite entre eu e a Björk, o formato cíclico do 360 graus era perfeito para a fuga circular da estrutura de Stonemilker”, comparou.

“É um formato novo, todos nós estamos nos perguntando como vamos contar histórias e como vamos ter capacidade de transmitir experiências”.

A função 360 graus do YouTube, por enquanto só está disponível no navegador Chrome.

Sem mais artigos