Se existe uma forte campanha para que George W. Bush não continue na presidência dos E.U.A., há quem arrisque a própria vida pela causa. É o caso de Jon Bon Jovi.

Mesmo depois de ter recebido ameaças de morte, o cantor continua engajado na campanha do candidato da oposição, John Kerry.

Tempos atrás, Jon declarou em uma festa em sua casa que já tinha conseguido 1 milhão de dólares para ajudar seu candidato.

Uh lá lá!

Sem mais artigos