Thom Yorke, líder da banda inglesa Radiohead, revelou que fazer seu álbum solo, The Eraser, não foi tão bom quanto gravar com a banda.

Sobre o Mercury Prize que foi agraciado no ano passado, ele falou: “Foi muito vazio. Não foi nada gratificante, porque não tinha com quem dividir o trabalho. Quando voltei com a banda, pensei: ‘Oh, meu Deus. Agora tenho todas essas pessoas para trabalhar junto”.

Na entrevista cedida à Radio One, Yorke ainda falou sobre o lançamento do último álbum do Radiohead, In Rainbows – disponibilizado na net para o fã pagar o quanto quisesse.

“Foi algo muito visionáio, liberal, mas estranho. No dia que as pessoas estavam baixando o álbum, sentei em casa e fiquei fazendo nada”, finalizou Yorke.

+ Veja as bandas que estão na mira do Miranda!

+ Confira aqui a entrevista com Gee, do NX Zero!

Thom Yorke diz que gravar CD em carreira solo foi 'algo vazio'

Sem mais artigos