Keila Barreto se inspirou em Jorge Vercillo para escrever “Entre Decadência e Elegância”

Um dos maiores poetas há quatro décadas da MPB, isso mesmo, não se assustem, quatro décadas, Jorge Vercillo agora influenciou até a literatura nacional com sua poesia e maestria nas letras de músicas que embalam vários corações pelo Brasil.

O livro “Entre Decadência e Elegância”, de Keilla Barreto, teve como fonte de inspiração a canção “Eu e a Vida”, do cantor carioca, pelo decorrer de suas 203 páginas. A música estimulou até o título da obra.

A obra conta a história de Melissa, uma mulher de 34 anos que decide se divorciar após descobrir que o marido não era quem todos pensavam ser e se vê diante de um recomeço não programado.

Apesar de a vida amorosa ser pauta no enredo proposto por Keilla, a história não se prende ao clichê e se aprofunda nas nuances da vida real. Além de ser inspirado em uma canção, o romance traz a indicação de uma música na abertura de cada capítulo para proporcionar uma experiência mais imersiva ao leitor.

Keila Barreto, em Entre Decadência e Elegância, construiu ao longo de 203 páginas uma obra sobre o crescimento feminino. A autora enaltece a capacidade de constante evolução da mulher e mostra que as adversidades surgem para todas, sem distinção de beleza, classe social ou qualificação profissional.

Canção de Jorge Vercillo "Eu e a Vida" influencia literatura nacional

Sem mais artigos
Sair da versão mobile