Foto: Lana Pinho

“Tentação” começou a ser escrita de forma despretensiosa e se transformou em um feat daqueles entre Carol Biazin e Luísa Sonza. O tema é “universal”, afinal, “todo mundo já caiu em tentação, independente de qual for”, explicou Biazin ao Virgula algumas horas antes de lançar o clipe oficial de seu novo single.

A canção chega hoje (6) às plataformas de streaming e ganhou um vídeo marcado por uma atmosfera de sedução e conquista. “Outra vez eu me deixei cair em tentação. Outra vez, mais uma vez, você no meu colchão”, elas cantam, enquanto trocam afetos e beijos. E Carol sabe o quanto esse gesto, que parece simples, pode significar o mundo para algumas de suas fãs.

“Para mim é muito natural, para mim é um beijo como qualquer outro – mas muito bonito – pra mim foi muito suave de pensar. Mas obviamente, depois que [todo o clipe] ficou pronto, depois que a euforia passou, eu entendo completamente a importância que [esse beijo] tem. Ainda mais tendo a Luísa no clipe, uma artista que tem tanto alcance, tantos seguidores, e fazer um clipe como esse, eu entendo a importância, eu entendo o quanto isso pode representar muitas meninas por aí”, explicou a cantora de 24 anos.

Sua ideia é exatamente que as pessoas se identifiquem e pensem: “ah, tem pessoas como eu também no mundo”. “Eu ia amar ver um clipe assim quando eu estava muito confusa sobre a minha sexualidade, sabe? Quando eu estava com medo de dizer quem eu era. Ia ser muito da hora se eu tivesse duas artistas fazendo uma parada como essa”.  Para Carol, os fãs se espelharem em um artista “é uma das coisas mais gratificantes” que a música e a arte podem oferecer.

Mas ela sabe que um beijo entre duas mulheres também pode incomodar. Em um comunicado, ela defendeu que quem se sentir desconfortável deve repensar esse sentimento: “por que estão se sentindo assim? Muita gente vai se incomodar em ver duas mulheres se beijando, mas essas pessoas que mudem, essas pessoas que lutem!”

O recado de Carol é simples: “seja livre, faça o que você quiser fazer, você é dono de si mesmo, ninguém tem que dizer o que você tem que fazer. Acho que essa é a ideia no final das contas, de liberdade, que foi o que eu sempre escrevi nas minhas músicas.”

Apesar da química entre Carol e Luísa ficar explícita no clipe, foi a primeira vez que a ruiva fez uma cena de beijo em um vídeo. A princípio, a ideia até parecia “um bicho de sete cabeças”, mas a cantora explica que o lado “palhaça” das duas artistas deixou o clima bem descontraído.

“Pensei: ‘gente, se for ter esse beijo mesmo, o que a gente vai fazer?’ Porque eu estava desesperada. Mas a Luísa é muito palhaça, eu sou outra palhaça, então a gente ficou tirando sarro durante toda a gravação e isso acabou deixando muito leve, todo mundo ria, a gente aproveitava para fazer palhaçada mesmo, tirar sarro da situação, então foi tranquilo no final das contas. Não foi tenso, não.”

“Acho que o que a gente mais pensa é: ‘gente, se esse beijo ficar feio… Meu Deus!’ Uma coisa é você beijar em casa, escondidinho, outra coisa é você dar um beijão assim”, brincou.

“Tentação” é a única música do álbum “Beijo de Judas”, o primeiro da cantora, a ser escrita inteiramente por Carol. A faixa traz fortes inspirações do pop do grupo Destiny’s Child, um de seus ícones ao lado de Priscila Alcântara, Ludmilla e Tori Kelly.

“Raio X” vem em breve

O álbum “Beijo de Judas” foi lançado em novembro do ano passado, com 10 faixas ao todo. Mas na ocasião, apenas seis canções foram reveladas ao público. “Frank Ocean”, “Rolê”, “Tentação” e “Raio X” apareciam na tracklist, mas ainda eram inacessíveis. Elas foram sendo disponibilizadas aos poucos e, agora, apenas “Raio X” permanece um mistério para os fãs.

Carol afirma que quer lançá-la em breve. O clipe já está em processo de criação. Mas por enquanto, o spoiler é que a música é bem destoante de “Tentação”: ela tem uma pegada R&B, mas a artista a considera uma canção acústica.

“Eu sou muito suspeita, mas é uma das minhas preferidas do álbum, por isso que estou segurando tanto ela. Eu amo essa música. Acho que posso dizer que ela é tipo um ‘Suas Linhas’ 2.0, mas eu gosto ainda mais dela”.

A faixa, adiantou, é bastante intimista: “essa, realmente, quando eu lançar vou ficar muito ansiosa porque fala sobre a minha vida, meu relacionamento”.

“Te conheço de algum lugar…”

Mesmo para quem não acompanha a carreira de Carol, seu rosto pode ser bastante familiar. A cantora ganhou visibilidade nacional ao particiar do programa “The Voice”, em 2017, e chegou a ser finalista pelo time de Ivete Sangalo.

Isso já foi há quase quatro anos. Carol deixou os covers para trás e agora conta suas próprias histórias em músicas autorais. Mas os fãs que conquistou naquela época continuam com ela, que sente que amadureceu junto com eles.

“A galera cresceu muito comigo, porque muita gente que começou a me acompanhar lá no ‘The Voice’ ficou, sabe? E eu fico maravilhada com isso porque a gente cria uma história, eu amo! Acho eles [fãs] os maiores, os melhores”, afirma.

Ela conta que criou uma forte parceria com o público, que fortalece todos os seus lançamentos.

“Tudo que eu tenho feito, lançado, eu sempre recebo muito apoio dos meus fãs. Não teve um [lançamento] que eu vi a galera se desprender. E isso desde o início, desde quando eu era uma artista independente, quando eu tinha que fazer Catarse para arrecadar dinheiro para conseguir fazer um clipe. Desde esse tempo eles me apoiam muito e até hoje estão aqui comigo. Então eu sou muito grata.”

 

 

Sem mais artigos