Sir Paul McCartney e sua mulher, a ex-modelo Heather Mills, partiram em lua-de-mel nesta quarta-feira, depois que uma queima de fogos espetacular encerrou a grandiosa festa de seu casamento na Irlanda.

Cerca de 300 convidados, entre os quais astros do rock e atores de cinema, fizeram festa até a madrugada após a cerimônia realizada na terça-feira no castelo Leslie, do século 17, em Glaslough, Irlanda.

“Foi fabuloso, realmente fantástico. Tudo saiu conforme o previsto e todo o mundo se divertiu a valer”, disse à Reuters o porta-voz de McCartney, Geoff Baker.

Ele se negou a confirmar onde o casal vai passar a lua-de-mel, mas deu a entender que pode ser “em algum lugar do Caribe”.

Depois da queima de fogos, por volta da 1h30 (horário local), McCartney, 59, e Mills, 34 — que, a partir de agora, pode ser tratada como lady McCartney — atravessaram o lago do castelo num barco repleto de flores. Em seguida, embarcaram num helicóptero com destino ao aeroporto de Belfast, onde um jatinho particular os aguardava.

Os organizadores da festa disseram que a queima de fogos foi a maior vista na Irlanda desde as comemorações da virada do milênio em Dublin, dois anos atrás.

Depois da cerimônia do casamento, realizada numa capela erguida há 300 anos no terreno do castelo — e durante a qual a noiva chorou de emoção –, um banquete vegetariano indiano acompanhado de champanha foi servido numa grande tenda erguida às margens do lago.

Cinco bandas, uma delas o grupo que acompanhou McCartney em sua turnê recente pelos Estados Unidos, providenciaram música ao vivo para a festa.

Como muitos convidados já esperavam, McCartney foi o destaque musical da noite, tendo subido num palco ao ar livre erguido especialmente para a ocasião para cantar um “rap do casamento” para sua noiva.

Mais tarde, Chrissie Hynde, ex-vocalista do grupo de rock The Pretenders, cantou um misto de sucessos de discos dos anos 1970.

Outros convidados presentes ao evento do ano no mundo do show business incluíram o baterista dos Beatles, Ringo Starr, o guitarrista do Pink Floyd Dave Gilmour, o ator americano Steve Buscemi e o ex-produtor dos Beatles, sir George Martin.

Os convidados que deixaram os hotéis da área de Glaslough na quarta-feira se mostraram cansados, mas felizes.

O músico e personalidade de TV britânico Jools Holland falou por muitos deles: “Foi lindo — um lindo casamento tradicional de família”, ele disse à Reuters, acrescentando que tomou uma dose a mais de Guinness.

Sem mais artigos