A um dia do início do festival, o Metal Open Air pode sofrer baixas importantes no line-up. Nesta quinta-feira (19), o grupo paulistano Hangar cancelou a participação no evento por falta de pagamento.

O festival está marcado para começar nesta sexta-feira (20) e segue durante todo o fim de semana. Entre as principais atrações estão AnthraxMegadethExodus, e o grupo Rock N’ Roll All Stars, composto por integrantes e ex-integrantes de bandas como KissGuns n’ Roses e Deep Purple.

Em declaração exclusiva ao Virgula Música, a assessoria do Hangar explicou que a produção do M.O.A. não pagou cachê combinado anteriormente. Segundo a assessoria, a banda precisava de R$ 2.500 para viajar a São Luís, mas não quis gastar esse valor sem garantia de pagamento.

Em comunicado divulgado no Facebook, o baterista do Hangar, Aquiles Priester, detalhou os motivos do cancelamento.

“Recebemos a confirmação da nossa participação na metade de dezembro e até agora não recebemos nem mesmo o contrato”, explica. “Toda a negociação tinha ficado só no boca a boca, mas fomos muito claros que precisávamos de todo o cachê antes da nossa apresentação, pois precisávamos custear a nossa viagem até São Luís no nosso ônibus próprio”.

“Tenho certeza que nenhuma banda internacional vai pisar em São Luís sem seu cachê 100% pago. Por isso, nos sentimos no nosso direito. Como baterista, sou respeitado no mundo todo e não vou aceitar, em hipótese alguma, esse desrespeito comigo e com o Hangar em nosso próprio país. Por que sempre os artistas nacionais que devem passar por isso?”, desabafou o músico.

Na semana passada, o Shadowside também cancelou participação no festival por causa da organização do M.O.A. Segundo a banda, a produção demorou para confirmar o horário do show da banda, o que tornou inviável a viagem do grupo.

Até a publicação desta nota, a produção do Metal Open Air não se manifestou sobre o cancelamento do Hangar.

Com reclamações sobre a organização, bandas nacionais cancelam shows no Metal Open Air

Sem mais artigos