Em 2018, os noticiários foram inundados com a informação de que Demi Lovato havia sofrido uma overdose. Quase três anos depois, a cantora quer retomar o controle e contar, por si mesma, o que aconteceu naquela noite de Julho.

Demi lançou nesta sexta-feira (2) o clipe de “Dancing With The Devil”, trilha oficial de seu documentário que leva o mesmo nome. A impactante produção reconstitui os últimos passos da artista antes da overdose quase fatal de heroína. Desde o cabelo até a roupa que usa são fiéis ao que ela vestiu naquele dia de festa.

O vídeo abre focando na máquina de hemodiálise ligada ao pescoço de Demi. Em seu documentário, ela contou que o aparelho era responsável por filtrar seu sangue, retirar as toxinas, e devolvê-lo ao corpo. E então a mostra bebendo diferentes drinks durante a noite.

O clipe não censura os principais acontecimentos e também inclui a agressão sexual cometida por seu traficante de drogas.

Como consequência da overdose, a cantora teve um ataque cardíaco, falência de múltiplos órgãos, pneumonia e três derrames, que ocasionaram uma lesão cerebral que a deixou com problemas na visão.

A produção é dirigida pela própria Demi em colaboração com Michael D. Ratner, diretor de seu documentário.

O álbum “Dancing With The Devil: The Art Of Starting Over” também foi lançado nesta sexta-feira (2).

Assista ao clipe:

 

Sem mais artigos