A casa de leilão inglesa Christie’s irá leiloar no dia 05 de maio a carta oficial de separação dos Beatles. O documento foi assinado no dia 18 de abril de 1969 por John Lennon, George Harrison e Ringo Starr, e está valendo entre 60 e 90 mil euros, cerca de 197 e 296 mil reais.

O destinatário era o advogado do grupo, Lee Eastman, pai de Linda, a primeira mulher do ex-Beatle Paul McCartney. Os músicos diziam no texto que Eastman deixava de ser representante legal da banda. Somente Paul continuaria a trabalhar com o sogro.

Desde então, os músicos ficaram com representantes legais diferentes. Lennon, Harrison e Starr contrataram o representante dos Rolling Stones, e McCartney continuou trabalhando com Lee Eastman e o irmão dele, John Eastman.

Além da carta de separação da banda, o leilão também oferecerá mais de 300 objetos de grandes músicos pop. Um deles é uma denúncia, por mau comportamento em um meio de transporte público, contra o cantor Mick Jagger, o guitarrista Brian Jones e o baixista Bill Wyman, dos Rolling Stones. Também há objetos de Eric Clapton, Robbie Willians, The Who e Jimi Hendrix.

Sem mais artigos