Um dia a cena pop/rock mundial foi pra lá de sensacional, com bandas capazes de durar mais do que quinze minutos e com o poder de lançar mais de três discos com qualidade. Nessa época, o Queen era um dos principais grupos e já despontava como uma das maiores da história.

Esse momento, em que Freddie Mercury e cia. destruíam tudo, pode ser conferido agora, no DVD Queen – Rock Montreal & Live Aid. Qualquer um que se interesse minimamente por rock tem de assistir a este show gravado em 1981, em Montreal, no Canadá.

No início dos anos 80, o Queen passava por uma transformação musical. Em 1973, o grupo surgiu com o álbum Queen, totalmente voltado para o rock progressivo, com influências orquestrais, arranjos complicados e canções compridas. Ao longo de toda a década de 70, o grupo manteve esse caminho, mas aos poucos, disco a disco dava sinais de que um rock mais básico (e pop, para alguns) iria dominar as composições de Freddie e sua turma.

Em 1980 sai o disco The Game, quando o Queen assume de vez um rock menos progressivo, mas nem por isso menos rebuscado. E é a essa fase que a gente pode assistir no DVD. A banda coloca um monte de hits para o público e há canções clássicas absolutas como We Will Rock You, Somebody To Love, Love Of My Life, Crazy Little Thing Called Love, Under Pressure (inédita até então), Bohemian Rhapsody e We Are the Champions, só pra citar as mais famosas.

A performance do grupo, com apenas quatro membros no palco, é inacreditável. Muito graças, claro, a Freddie Mercury, simplesmente um dos maiores front men do rock em todos os tempos. Ele entra com uma regata com o S do Super-Homem no peito, toca piano, faz os seus trejeitos com a haste do microfone na mão, soca o ar, enfim, toda a movimentação de palco que são marcas registradas suas. Inclusive o lado mais gay de Mercury aparece quando ele volta ao palco apenas de shorts branco, sem camisa e descalço.

Enquanto isso, o restante da banda, com Brian May (guitarra), John Deacon (baixo) e Roger Taylor (bateria) vão derrubando tudo, num exemplo claro do que é ser uma das bandas mais bem afiadas da história do rock.

LIVE AID
Mas o show de Montreal, com toda a sua exuberância, não é a única atração do DVD. Além de entrevistas com os membros vivos (Mercury morreu em 1991, vítima da Aids), há ainda o segundo disco que traz nada menos do que a apresentação do Queen no Live Aid, em 1985. Para quem não lembra ou não sabe: Live Aid foi um gigantesco festival de rock com um monte de bandas como U2, Duran Duran, entre outros e teve renda revertida para combater a fome na África.

A apresentação do Queen no Live Aid foi memorável. Eles estavam estourados no mundo todo com Radio Ga Ga, canção que tem palmas no refrão. Durante o show, no antigo estádio de Wembley, na Inglaterra, o público faz o gesto exatamente igual ao do videoclipe. Tudo sob o comando de Freddie Mercury dando uma de maestro de centenas e centenas de fãs. É um visual incrível, com todo o público sincronizadinho. Impressionante.

Ainda no Live Aid há Hammer to Fall, Crazy Little Thing Called Love, Bohemian Rhapsody, We Will Rock You e We Are the Champions. A partir deste festival o Queen conheceu uma popularidade gigantesca e colocou seu nome de vez entre os deuses do rock.

Então, é o seguinte: esse DVD é básico para quem se interessa pela história do rock. É a chance de ver um dos gigantes da música do século 20 em ação e em direção ao topo (show de Montreal) e já no topo (no Live Aid).

Queen
DVD Rock Montreal & Live Aid
1981/2007
ST2 Vídeo

DVD - Queen Rock Montreal & Live Aid

Sem mais artigos