12745752_10153350457895671_7709131567948494466_n

Foto: Arterium

Cantor, compositor, multi-instrumentista, surfista, ativista e natureba. Xavier Rudd chega esta semana ao Brasil pela primeira vez para apresentar o seu som maior ‘good vibes‘. O australiano faz show único no dia 3 de março (quinta-feira), no Cine Joia, em São Paulo, e traz na bagagem músicas de seu oitavo álbum, Nanna, lançado em 2015.

Envolvido em causas como o vegetarianismo e os direitos dos aborígenes na Austrália, Xavier é muito inspirado pela música havaiana e pelo reaggae. Para deixar suas canções mais climáticas e exóticas ainda, ele toca o didgeridoo, um instrumento de sopro dos aborígenes australianos.

Para saber mais um pouco sobre suas andanças, música e a expectativa de vir ao Brasil, o Virgula trocou umas palavras rápidas com o cantor, que além de mostrar que está aberto a conhecer a cultura do nosso país, vem trazer mensagens de paz e conscientização para melhorar a vida na Terra. Se liga na conversa do bem:

54be376053349

Xavier Rudd

Virgula: O que você espera encontrar no Brasil?

Xavier Rudd: Na minha cabeça eu posso ver grandes sorrisos, todas as cores do arco-íris e muitas vibrações rítmicas.

Dê um spoiler de como será seu show em São Paulo?

Vou tocar com banda, em trio, e vai ter alguns momentos solo também.

Você toca didgeridoo. O instrumento vem com você ao Brasil?

Sim. Ele viaja para todos os lugares comigo. É o instrumento mais antigo do mundo e carrega um enorme espírito ancestral que vai abalar todos da cabeça aos pés.

10628382_10153067265960671_7284836905455873261_n

Reprodução/Facebook

Você acha que alguns instrumentos brasileiros como o Berimbau e o Cavaquinho poderiam funcionar nas suas músicas? 

Yeah! Nós temos alguns ritmos brasileiros em nossa música que eles poderiam funcionar muito bem.

Você manja de música brasileira? O que sabe?

Eu conheço um pouco, e meu irmão estuda violão brasileiro. Ele esteve no Brasil no ano passado e realmente amou. Estou animado para conhecer mais sobre a música do país.

O que você gostaria de fazer no seu tempo livre aqui?

Aprender sobre a cultura local.

Qual é a melhor hora do dia para ouvir suas músicas? 

Isso depende de cada um. Eu acho que é quando o sol está nascendo ou se pondo.

Qual é a mensagem que você vai trazer para os brasileiros?

Que todos somos um, e agora é o momento de caminharmos juntos para proteger o nosso belo planeta.

12715263_10153346388070671_4348643392085160711_n

Divulgação

SERVIÇO:

Xavier Rudd no Cine Joia

Data: 3 de março de 2016, quinta-feira
Horários: Abertura da bilheteria – 20h
Abertura da casa – 21h
Horário do show – 23h
Classificação etária: 18 anos

Ingressos:

Lote 1 – R$ 120,00 (inteira), R$ 60,00 (meia)
Lote 2 – R$ 140,00 (inteira), R$ 70,00 (meia)

Locais de venda:

. Livepass: http://www.livepass.com.br/event/xavier-rudd/
. Pontos de venda Livepass com taxa de conveniência http://www.livepass.com.br/pontos
. Cine Joia: Praça Carlos Gomes, 82 (segunda-feira a sexta-feira, das 10h às 14h e das 15h às 18h, e durante o final de semana, a bilheteria só abre em dia de show, 1h antes da abertura oficial da casa)
• Aplicativo Livepass: iPhone: http://apple.co/1FOQrKd
Android: http://bit.ly/1AyaSdT

Cine Joia
Praça Carlos Gomes, 82 – Liberdade – São Paulo/SP
www.cinejoia.tv // www.facebook.com/cinejoia // www.instagram.com/cine_joia
Fone: (11) 3101-1305
Cartões de crédito e débito: Visa, Mastercard, Diners, Elo e American Express (não aceitamos cheques).
Horário da bilheteria: segunda-feira a sexta-feira, das 10h às 14h e das 15h às 18h, e durante o final de semana, a bilheteria só abre em dia de show, 1h antes da abertura oficial da casa
Capacidade: 992 pessoas (o Cine Joia respeita a lotação máxima determinada por lei)
Chapelaria: R$ 5,00
Serviço de vallet: R$ 30,00
Possui área de fumantes e acesso a pessoas com deficiência

"É hora de protegermos o planeta", diz Xavier Rudd, que faz show em SP

Sem mais artigos