Faleceu nesta sexta-feira (20), o cantor Reginaldo Rossi. Aos 69 anos, ele sucumbiu a um câncer de pulmão, diagnóstico foi confirmado na quinta-feira (12). Ele estava internado no Hospital Memorial São José, em Recife (PE), cidade em que nasceu, desde o dia 27 de novembro. 

Rossi completaria 70 anos em fevereiro. Ele estava em turnê pelo Brasil divulgando seu último álbum, Cabaret do Rossi. Nos dias 21 e 22 de novembro ele havia feitos shows no Manhattan Café Teatro, em Recife.

Conhecido como o Rei do Brega, ele tinha no seu currículo sucessos como LevianaA Raposa e as UvasEm plena lua de Mel e o inesquecível hit Garçom. Veja abaixo a repercussão da morte do cantor entre os músicos do gênero sertanejo:

ROBERTA MIRANDA: 

“É muito triste perder um companheiro de estrada, ele sempre esteve lutando para ser um artista de sucesso, e foi! Espero que Deus conforte os familiares. Com certeza ele ficará eternizado em seus sucesso, tanto no nordeste como no Brasil inteiro”.

BRUNO (BRUNO & MARRONE):

“É muito triste perder um companheiro de trabalho, deixa a música órfã, com certeza! Mas que ele descanse e agora nos resta homenagea-lo. Já estávamos pensando em gravar uma música dele no próximo DVD, mais que merecido.”

MATHEUS MINAS (DUPLA MATHEUS MINAS & LEANDRO): 

“Estou muito chateado, ontem mesmo estive na globo e ele entraria no Altas Horas em breve, fiquei feliz porque ele estava lutando pela vida fazia um tempo. Desde que comecei sempre admirei o artista que ele é, sua postura em palco, o carinho com o público e a descontração; Em alguns shows de rádio nos cruzamos e ele sempre me disse que a humildade era a base do sucesso. Olha, desde que montamos nosso primeiro show temos os momentos, e no momento de ‘modão’ entramos com a música do Reginaldo “garçom” no meio, interpretamos de uma forma descontraída com viola, o que leva o público ao delírio, não tem como ficar de fora do nosso repertório!”

Sem mais artigos