Caso você não tenha sido uma criança ou um jovem dos anos 80, talvez tenha perdido a época em que Eddie Murphy era mais do que um ator. O astro chegou a se lançar no mundo musical com o hit “Party All The Time” e seu último álbum estreou em 1993.

Mas ele não pensa em lançar novas músicas. Para ele, isso é “coisa de gente jovem”.

Em um teaser da entrevista que deu ao programa The Tamron Hall Show, que irá ao ar na próxima semana, ele afirmou nunca ter parado de fazer música, mas não planeja mostrá-las ao mundo tão cedo. Quando perguntado se não se interessaria em fazer uma colaboração com artistas novos, como Megan Thee Stallion, o astro negou rapidamente.

“Megan Thee Stallion? Estou com 59 anos. Não posso fazer nada com Megan Thee Stallion. Você sabe quão doido eu pareceria se colaborasse com a Megan Thee Stallion?”, ele riu. “Farei 60 anos em Abril. A Megan Thee Stallion não pode se apresentar enquanto esse velho toca guitarra ao seu lado”, brincou.

Eddie Murphy reprisará seu papel como o Príncipe Akeem na continuação do longa “Um Príncipe em Nova York”, de 1988. A nova versão estreará na plataforma de streaming Amazon Prime nesta sexta-feira (5).

Maquiagem poderosa: antes e depois de estrelas de Hollywood

Santa make! Richard Brake Robin Williams Charlize Theron Naomi Grossman Bill Skarsgård Gary Oldman Gary Oldman Eddie Murphy Danny DeVito John Rhys-Davies Richard Armitage Ryan Reynolds Ron Perlman Jacob Tremblay Jim Carrey Grinch, em 'O Grinch' Créditos: Reprodução/Bored Panda

Eddie Murphy feat. Thee Stallion? Astro diz que está 'velho demais' para essa collab

Sem mais artigos