346Q6881-Suricato no Palco

Show da banda Suricato (crédito: Vera Donato)

Setembro chegou e a gente só tem motivos para comemorar, pois o Rock In Rio, o maior festival de música do mundo, está de volta ao Brasil após percorrer o mundo. É aquele velho ditado: o bom filho a casa torna. E, para comemorar a quinta edição desse mega evento por aqui, que celebra três décadas de história, chega ao mercado o DVD Rock In Rio Box Brasil 30 Anos, em parceria com a gravadora Musickeria e SKY.

O projeto reúne bandas e artistas que consagraram o rock nacional e já se apresentaram pelo menos uma vez no festival. Cada um interpreta um clássico brasileiro dando nova roupagem à música. No projeto não vale canção própria. É Cidade Negra cantando Planet Hemp, Paula Toller fazendo versão do Skank, Marcelo D2 caindo no rock ao cantar Titãs e Baby do Brasil encarnando a Pitty. Ainda tem Dinho Ouro Preto, Frejat, Paulo Ricardo, Ira!, Os Paralamas do Sucesso, Jota Quest, Suricato, Liminha, Pato Fu, Blitz, Fernanda Abreu, Marcelo Bonfá, Dado Villa-Lobos e mais. São ao todo 30 canções só com a nata do pop rock brasileiro.

“Ano passado a gente começou a pensar em oferecer à família Medina um projeto para celebrar esses 30 anos de festival e deixar um legado. Então chegamos a essa caixa que traz CD, DVD e um fichário de partituras.”, conta Luiz Calainho, idealizador do projeto.

“A ideia do box é incrível! Além de ser uma releitura diferente de tudo o que a gente vê por aí, veio em um ótimo momento, comemorando os 30 anos do Rock In Rio. Foi um presente, e resolvemos embarcar nessa juntos”, contou Roberto Medina, o pai do festival.

346Q6909-Roberto Medina

Roberto Medina (crédito: Vera Donato)

346Q6831-Roberta Medina e Calainho

Roberta Medina e Luiz Calainho (crédito: Vera Donato)

Para iniciar com o pé direito, rolou nesta noite de terça (8), no Rio de Janeiro, a festa de lançamento do box. Músicos que participaram do projeto deram o ar da graça no evento para curtir a homenagem, e a banda Suricato encerrou com um showzão que celebrou o rock nacional.

“Para a minha geração, os músicos que estão nesse box ajudaram a construir a música popular brasileira. Então, fazer parte disso com o Suricato, faz eu sentir que somos as reticências, a continuação disso, sabe?”, diz Rodrigo Suricato. “O brasileiro é o povo mais estrogonofe com arroz e feijão que existe, mistura as coisas mesmo, então esse lance de um artista fazer cover de outro é bem bacana. Por que não ver a Baby cantando uma música da Pitty”?, fala o cantor.

346Q6962-Baby do Brasil (1)

Baby do Brasil (crédito: Vera Donato)

“A Pitty é como se fosse minha filha. A gente tem algo parecido e ao mesmo tempo diferente. Quando me perguntaram se eu toparia cantar uma música dela, eu disse na hora ‘Claro! me mostra todo o acervo dela que vou escolher a que mais gosto'”, revelou Baby do Brasil em papo com o Virgula. 

Dado Villa-Lobos, da Legião Urbana, também apareceu por lá e deu sua opinião sobre o projeto: “Esse box integra a classe dos artistas, das bandas, dos compositores e dos cantores e cantoras. Ele relata o que aconteceu neste país há 30 anos atrás. Fortalece e enobrece o rock nacional”.

346Q6871-Dado Villa Lobos e Tony Garrido

Dado Villa-Lobos e Toni Garrido (crédito: Vera Donato)

Ficou curioso? Então assista a esse vídeo incrível e exclusivo e se prepare para o festival. “Ôoooo ôoooo ôoooo, Rock In Rioooo

Rock in Rio Box Brasil

Sem mais artigos