Os dois convidados para participar da edição deste ano do “Live 8” estão dando fortes declarações de consciência política e social. Vox acredita que os líderes de países ditos “desenvolvidos” devem colocar a mão no bolso e dar uma olhada na pobreza em outros países. Já Martin foca sua revolta nos problemas do meio ambiente.

Bono é um dos mais empolgados na luta contra a miséria na África. Nesta quinta-feira, o cantor desafiou os líderes da União Européia a esquecerem a política nacional e a colocarem a mão no bolso para incentivar o desenvolvimento da África. “Deixem de lado as bandeiras nacionais, olhem para os números e olhem para o futuro”, disse Vox, em entrevista coletiva na sede da União Européia, em Bruxelas.

Chris Martin, vocalista do Coldplay, andou dizendo que todo mundo deveria se preocupar com os problemas sociais e do meio ambiente. “Vivemos todos no mesmo planeta, e todo mundo deveria se preocupar com esses problemas. O planeta vai cada vez pior e isso nos afeta a todos”, afirmou Martin em coletiva de imprensa em Paris.

Isso mostra artistas de maior notoriedade aproveitam a fama em prol de causas sociais e não pessoais. O guitarrista do Coldplay Jonny Buckland, considerou normal aproveitar a popularidade para enfatizar esses problemas. Bono também acredita nisso e espera uma atitude de todas as pessoas. “Este é o momento e esta é uma geração que quer fazer alguma coisa pela qual será lembrada. Poderia ser esta a geração que disse ‘não’ à pobreza burra, à pobreza extrema?”, questionou o cantor do U2.

Sem mais artigos