O rapper alemão Deso Dogg, conhecido como Abu Talla al Almani após sua conversão ao islã, morreu na Síria, onde se tinha unido as fileiras de combatentes jihadistas, informou nesta quinta-feira (21) o grupo extremista Estado Islâmico do Iraque e do Levante.

Em uma breve nota divulgada na internet, cuja autenticidade não pôde ser comprovada, o grupo, vinculado à Al Qaeda, se limitou a anunciar a morte de Al Almani em território sírio sem dar mais detalhes a respeito.

Dogg abandonou sua carreira musical após sua conversão ao islã após um grave acidente de carro que quase custou sua vida há três anos.

No início de 2013, apareceu em um vídeo no YouTube no qual declarava que tinha marchado à Síria para fazer a jihad (guerra santa) contra o regime de Bashar al Assad.

Em setembro, alguns foros jihadistas disseram que Al Almani tinha sido ferido em um ataque aéreo.

Deso Dogg, rapper 

Sem mais artigos