ShowIn, plataforma lançada por Olando Morais e Dio Trotta

Um dos grandes intérpretes da música popular brasileira, inquieto, louco, livre. Definições para Orlando Morais não faltam, mas desta vez vamos ficar com um adjetivo que marca o atual momento do artista: inovador.

Orlando conversou com exclusividade com o Vírgula sobre o lançamento da ShowIn, plataforma criada por ele e pelo empresário e amigo, Dio Trotta, que vai transformar o mercado de transmissões ao vivo e do entretenimento.

Em meio à crise que afeta centenas de milhares de músicos pelo país, Orlando traz uma inovação para ajudar, além da visibilidade, financeiramente os artistas. “Eu e o Dio vínhamos tentando mudar o sitema antes mesmo da pandemia. A criação da ShowIn não era algo planejado para trazer só visibilidade, mas grana também. Tinha que ser algo robusto, grande mesmo, que coubesse tudo! E que ajudasse tanto o grande quanto o pequeno artista”, explica.

A ShowIn trata-se de uma plataforma digital na qual o artista pode se cadastrar e cobrar os valores que desejarem por suas apresentações. “O músico, banda que estiver tocando em Manaus, por exemplo, poderá mostrar o show ao mundo! Ele escolhe o valor e o usuário compra o ingresso para assistir de onde estiver, seja pelo computador ou celular, enfim”, diz Orlando, feliz da vida.

Inquieto, como ele mesmo diz ser, Orlando Morais buscou uma forma de contribuir para que quem faz a música não abandone a carreira, já que o momento de pandemia tem afetado muitos artistas. “A ShowIn vai cumprir um papel muito além de gerar renda. Vai cumprir um papel de comunicação. O povo começou a entender que a sua casa é o seu mundo neste momento e daqui pra frente”.

“Está todo mundo buscando um caminho tentando se salvar. O mundo é outro. Temos que descobrir novas formas de nos ajudarmos. É preciso ter mais consciência e convivência, não física, devido ao momento, mas de sermos solidários”, pondera o músico.

Mega Live para o lançamento

Orlando preparou uma Mega Live para o lançamento da ShowIn nesta sexta-feira, às 20h30. O músico receberá grandes nomes da música brasileira, como Seu Jorge e Margareth Menezes, além de participações das filhas Antônia Morais e Ana Morais, e de Cleo, de quem é padrasto, sempre visto carinhosamente como pai.

A live será a primeira realizada diretamente pela nova plataforma e somente nela estará disponível. Vale ressaltar que toda receita gerada por esse show será destinada à campanha Show de Solidariedade, que apoia músicos, técnicos e profissionais do universo artístico em dificuldades financeiras.

Os interessados podem adquirir os ingressos, que ficam entre R$ 4,50 e R$ 9, através do www.showin.tv .

Um músico preocupado com o amanhã

Orlando Morais é um dos maiores intépretes da MPB

Orlando Morais sempre deixa claro que não haverá amanhã se o hoje continuar como está. “Eu sou muito otimista, mas muita coisa tem que mudar. Me recinto muito da falta de convivência. Atualmente, todo mundo parece ter a necessidade de ser número 1. Isso é chato. Há espaço para todos”, explica.

O artista se ressente também da falta de valorização dos “músicos da velha-guarda”. “A memória musical do Brasil está ruim. Temos que voltar os olhos para a velha-guarda. Esses caras que já enfrentaram coisas absurdas têm que ter mais espaço”.

Para Orlando, solidariedade e convivência têm de andar de mãos dadas. “Está faltando convivência, paciência, reflexão. É isso que traz saúde para a sociedade. Aceitação e respeito ao próximo. Ninguém é melhor e nem maior do que ninguém. Estamos todos no mesmo barco”.

E quando agradeço pela conversa, Orlando é generoso, sincero e diferenciado. “Quem agradece sou eu pelo seu tempo e pelo papo. Hoje sei da responsabilidade que trago na bagagem como artista em meio à minha loucura e minha liberdade. Sou um louco com consicência de que tudo vai melhorar, mas que sempre vai depender cada vez mais da nossa união”.Coroa de plástico usada por ícone do rap é vendida por R$ 3 milhões

Sem mais artigos