Ian Curtis

A casa onde morava e também onde se suicidou Ian Curtis, ex-frontman do Joy Division, foi comprada por um fã do grupo por nada menos do que 190 mil libras — algo equivalente a mais ou menos 900 mil reais. Haja amor pela banda! Bom, se você está se perguntando o que esse cara pretende fazer com a casa, saiba que ele já deu a resposta: a ideia é transformá-la em um museu em homenagem a Curtis e à banda.

Hadar Goldman, o novo proprietário do local, resolveu comprar a casa após ver uma iniciativa coletiva de fãs do Joy Division fracassar. “Eu senti que tinha que me envolver, especialmente depois de ouvir que a promessa dos fãs de arrecadar fundos para comprar a casa onde viveu um dos heróis musicais da minha juventude falhou”, afirmou em entrevista à NME. E aí, você teria coragem de visitar o lugar onde Ian Curtis se matou?

Sem mais artigos